EMAGRECEDORES

Emagrecedores são medicamentos usados como uma ferramenta adicional para ajudar na perda e controle de peso. Alguns médicos recomendam que pacientes com dificuldade de perder peso use os emagrecedores junto com outras ferramentas para perder peso, como atividade física e uma dieta balanceada.

Alguns emagrecedores são considerados medicamentos controlados que são vendidos apenas com prescrição médica. Esses medicamentos foram liberados a pouco tempo no Brasil, por conta de seus efeitos colaterais.

Em 2017 houve uma grande discussão a respeito da liberação desses medicamentos, a Agência nacional de vigilância sanitária era contra a liberação desses medicamentos, mas o conselho nacional de medicina comemorou a liberação, pois seria mais uma ajuda para as pessoas que sofrem com obesidade.

Os emagrecedores controlados são considerados medicamentos anorexígenos e geralmente só são prescritos para pessoas obesas.

Mesmo que você tenha problemas com obesidade, não espere que o seu médico te prescreva um emagrecedor controlado no primeiro momento. É provável que seu médico tente outras técnicas de emagrecimento antes de te prescrever esses medicamentos.

Além dos emagrecedores controlados, existem a venda livre que geralmente possuem como princípio ativo substâncias naturais que ajudam a dar energia e acelerar o metabolismo.

Porém para que os emagrecedores de venda livre realmente façam efeito, é ainda mais importante que você mantenha uma rotina de atividade física e uma dieta de baixa caloria.

Emagrecedores controlados
Em 2011 a venda de emagrecedores anorexígenos foi proibida no Brasil, mas em 2017 esses medicamentos foram liberados novamente para venda, porém como remédios controlados e retenção de receita.

Foram liberadas pelo menos quatro substâncias que auxiliam o processo de emagrecimento de pessoas obesas. A anfepramona, sibutramina, femproporex e mazindol. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada uma dessas substâncias.

Filtro

Mostrando all 3 Produtos